Descubra como economizar mesmo com o aumento da Selic

No início do mês de maio, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central do Brasil anunciou mais um aumento na taxa Selic, indo para 12,75% ao ano, o décimo reajuste em pouco mais de 12 meses.


Selic é a taxa básica de juros da economia e é o principal instrumento do Banco Central para controlar a inflação.


Ela influencia basicamente em todas as taxas de juros do Brasil. Por isso, quando a Selic aumenta, os juros e custos dos serviços financeiros em todas as instituições e bancos aumentam também.


Com isso, o setor de crédito é um dos principais impactados, deixando a oferta de capital (dinheiro) mais restrita e os juros (%) cada vez mais altos. E, pagar juros mais altos para manter a rotatividade do seu estoque significa comprometer o seu lucro por vários meses...


Qual a melhor estratégia para lidar com essa situação?


Apesar de também ter sofrido reajustes com a alta dos juros, a antecipação de recebíveis continua sendo a melhor estratégia, com menor custo, menos burocracia e mais agilidade para equilibrar o seu fluxo de caixa.


Porém, se tratando de compra de estoque, quanto menor for o seu gasto, maior o seu lucro e maior a sua competitividade de preço no mercado, certo?


Então, que tal zerar o seu custo e não pagar nenhuma taxa para antecipar o seu saldo futuro? Sim, é isso mesmo.


Economize com TAXA ZERO de antecipação pagando com o PagBlu


Na Blu, você tem acesso a mais de 3.000 fornecedores parceiros, de diversos segmentos, para comprar sem análise ou limite de crédito com TAXA ZERO de antecipação.


Encontre aqui o fornecedor parceiro ideal para o seu negócio!


Se antes, com a Selic a 2%, já era vantajoso usar o PagBlu e não ter o custo da taxa de antecipação, imagine agora com a alta dos juros?


Como pagar com o PagBlu



É economia real, sem pegadinhas.


Com a Blu, você sempre vai pagar seu fornecedor mais barato!
27 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo