Registro de Recebíveis: entenda como isso vai revolucionar o varejo independente

Atualizado: 24 de ago. de 2021

Se você é lojista, recebível é uma palavra que, provavelmente, não sai da sua cabeça, não é mesmo? Mas você está por dentro das novas mudanças que, em breve, vão revolucionar o mercado de recebíveis de cartões de crédito?


Preparamos este conteúdo para que você, cliente Blu, entenda tudo sobre a nova regulamentação instituída pelo Banco Central, que entrará em vigor a partir de junho. Também vamos contar como a Blu vai te ajudar a aproveitar ao máximo os benefícios do Registro de Recebíveis. Vem com a gente!


Você vai achar nesse conteúdo:


O que são recebíveis?


Só para relembrar, recebíveis correspondem à receita que você, lojista, tem a receber com as vendas realizadas por meio de cartão de crédito ou de débito. Hoje em dia, muitos negócios antecipam esse saldo para gerar fluxo de caixa ou como garantia de crédito.


Por se tratar de um recurso financeiro importante no mercado brasileiro, o Banco Central e o Conselho Monetário Nacional adotaram uma regulamentação que vai modificar a forma como os recebíveis são registrados e geridos, e isso representa muitas vantagens para você!


Afinal, o que é o Registro de Recebíveis?


Publicadas em 2019, a Resolução Nº 4.734 e a Circular Bacen Nº 3.952/2019 foram criadas para regulamentar o mercado de recebíveis de cartão no país, tornando-o mais organizado, menos burocrático, além de permitir que as empresas utilizem as vendas realizadas no cartão com mais liberdade!


A partir do dia 07 de junho de 2021, toda a transação financeira realizada por meio de cartão de crédito ou débito deverá ser capturada e organizada por uma Registradora, que nada mais é do que uma instituição autorizada pelo Banco Central para autenticar e centralizar essas informações.


Todas essas informações serão atreladas a um cadastro único junto à Registradora, que chamamos de UR (Unidade Recebível). Cada UR estará relacionada a um lojista e armazenará dados importantes, como o valor e a data de cada transação feita por meio de cartão de crédito ou débito.


Nossa! Muita coisa nova, não é? Calma, que a gente vai te explicar tudo!

Hoje, todos os seus recebíveis são registrados individualmente por cada uma de suas maquininhas. Caso você utilize duas maquininhas, por exemplo, você não consegue visualizar as agendas de forma unificada. Com a nova resolução, todos os dados dos seus recebíveis serão registrados em um só lugar. Cabe às empresas de maquininha enviarem essas informações à Registradora.


Como o Registro de Recebíveis afeta o mercado?


A nova regulamentação trará mais segurança, organização e transparência ao mercado de recebíveis. Para você lojista empreendedor, em especial, a nova lei significa algumas vantagens que vão impactar profundamente o dia a dia do seu negócio.


Um novo modelo de trava de bancária

A nova regulamentação do Registro de Recebíveis vai impactar a prática atual de trava bancária, o que vai permitir mais liberdade para utilizar seus recebíveis em operações de crédito. Se você não está familiarizado com o termo, calma que a gente te explica!

No modelo atual, uma trava bancária é quando uma instituição financeira utiliza todos os seus recebíveis como garantia de um empréstimo ou operação de crédito. Isso significa que se você tiver R$ 20 mil de recebíveis e pegar um empréstimo de R$ 10 mil, toda a sua agenda ficará travada como garantia de pagamento.

Com a nova regulamentação, esse modelo de trava bancária irá mudar, tornando-se mais flexível!


Caso você precise de um empréstimo e queira utilizar seus recebíveis como garantia, a instituição financeira só poderá utilizar o montante correspondente ao valor solicitado e o restante dos seus recebíveis ficará à disposição para você utilizar da maneira que for mais importante para o seu negócio. Ou seja, se você tiver os mesmos R$ 20 mil de recebíveis e pegar um empréstimo de R$ 10 mil, agora só o valor do seu empréstimo ficará travado como garantia de pagamento.


Mais liberdade na gestão dos seus recebíveis

Além de mais organização e transparência, a nova regulamentação também te dará mais liberdade para negociar e utilizar seus recebíveis da maneira que você considerar mais vantajosa. Esse poder de escolha se estende também à qual instituição você escolherá para centralizar todos os seus recebíveis


Confira todas as vantagens de centralizar os seus recebíveis na Blu

Como fazer a Centralização de Recebíveis Blu:


A Centralização de Recebíveis Blu começará a valer a partir de junho. Antes, você precisa fazer o aceite para trazer as agendas de suas outras maquininhas para sua a Blu. A autorização será feita por meio da Conta Digital Blu.


Essa permissão será enviada à Registradora autorizada pelo Banco Central e quando for concluído o processo, você passará a visualizar o saldo total de todas as suas vendas feitas em cartão de crédito, à vista ou parcelado, diretamente na sua Conta Digital Blu. Depois disso, é só aproveitar as vantagens que só a Blu oferece para você. :)


Saia na frente e seja um dos primeiros a beneficiar o seu negócio!

Ficou com alguma dúvida sobre a Centralização de Recebíveis Blu? Acesse no FAQ!

728 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Já imaginou poder usar o saldo das vendas de todas as suas maquininhas em um só lugar? Com a Centralização de Recebíveis Blu você pode!